sexta-feira, 4 de julho de 2014

Giba - Projeto Tiras - Ed. Abril - 1979

Por Paulo Paiva e Henrique Farias



Giba estreou em 1977 na revista Klik da editora Ebal, sendo posteriormente reformulado para o formato tiras em 1979.

"Giba é um garotinho simpático e de bom humor que adora fazer brincadeiras com todo mundo. Mora na favela do Morro do Piolho, onde vive vários problemas, que sempre enfrenta de forma original e engraçada. Mostrando através de um humor crítico toda a realidade que cerca o personagem, os autores Farias e Paiva conseguem, com o Giba, compor um autêntico quadro do dia-a-dia da vida no morro, caracterizado pelo mais fino espirito da malandragem brasileira."
Texto extraído do folheto promocional enviado aos jornais pela editora. As tiras acima foram publicadas no jornal Gazeta de Vila Prudente.
A primeira versão do Giba, na revista Klik, em 1977.


Em depoimento ao blog o desenhista Claudson Rocha declara: 

Fala Luigi!!!

Legal você ter postado as tiras do Henrique Farias.

Quando entrei na Abril-Infantis em 77 (tinha 16 anos) ele e o Claudino Gomes "me adotaram". Eram meus professores, meus irmãos (mais velhos) e as vezes pais, ...eram meus amigões.
Me ensinaram muita coisa (de Arte e da Vida). Gosto muito deles (do trabalho então... sou fã nº 1). Infelizmente o Claudino faleceu.
Eu estava no Departamento que criou o projeto Tiras. Quem dirigia o Projeto e o Departamento era o meu diretor Rui Perotti (criador do Sujismundo). Só tinha fera nesse projeto.

Tive a honra de ajudar o Claudino (tira - Inseto City) fazendo arte-final de algumas tiras depois do expediente.
Vi as tiras do Giba serem feitas pelo Farias e o Paulo Paiva (o PP). Bons tempos, dei sorte.

Não sei se você sabe mas o Farias é um excelente desenhista de HQ de Ficção. Ele chegou a mandar um material muito bom pro Sergio Macedo que publicava na Heavy Metal. Ele trabalhou na editora EBAL antes de vir pra São Paulo (fez algumas capas da DC - anos 70). O último encontro com ele foi em junho de 2013 num almoço
do pessoal das Infantis.

Ele é uma pessoa muito querida.

Abração, amigão".

Nenhum comentário: